gallery/images-headerbanner-header_cb1eb9473a6e60e8c86cf5e6eb521706
gallery/images-spacer
gallery/images-imagemsite1

De acordo com os missiólogos, há diversidades no número de povos não alcançados pelo evangelho hoje.                                

 Para Ralph Winter, há 17 mil povos não alcançados e 12 mil línguas. David Barrete declara que são 11

mil o número total de povos não alcançados. Bob Waymire

também arrola 11 mil povos diferentes no mundo. Patrick

Johnstone avalia em 12.017 o total de povos não alcançados em todo o mundo.                                                                      Subtraindo desse número os povos entre os quais há cristos, missionários de fora e autóctones, restam apenas 1.200 povos a serem alcançados. Em sua perspectiva, 99% da população do mundo serão cobertos, inteiramente, com a mensagem do evangelho se ela for transmitida, no máximo, entre 400 e 500 línguas diferentes.  Então concluímos que missões, ainda não é um assunto sério para muitas igrejas. Enquanto templos são enfeitados e grande parte do tempo é utilizada para inúmeros programas, missões é ocasional, ainda não é assunto íntimo.

O Mundo dos povos não alcançados Segundo alguns estudiosos, temos aqui algumas estatísticas:

– Cada hora 10700 crianças nascem e morrem sem escutar as Boas Novas em países da Janela 10/40;

– Cada hora de esforço missionário resulta em 9.800 pessoas escutando o evangelho pela primeira vez;

– O resultado é a redução no mundo não evangelizado de 500 pessoas a cada hora, ou pouco mais que 4 milhões de pessoas por ano.

– 9 em cada 10 países mais pobres do mundo estão na África e 8 destes são parte do mundo menos evangelizado.

Fonte: www.senami.com.br